Leandro Tarrataca

Click here to edit subtitle

Reflexões

Mensagens e reflexões diárias sobre Fé, Família e os desafios da vida. 

view:  full / summary

Cuidado!

Posted on September 6, 2017 at 10:05 AM

Cuidado!


“Ninguém ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta. Ao contrário, cada um e tentado pela própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver

concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte” (Tiago 1:13-15).


Nesse texto é como se Tiago, o irmão do Senhor Jesus, dissesse: “Cuidado com o que você brinca!”.

O autor dessa carta de 5 capítulos é Tiago (Marcos 6:3) que, de

acordo com o livro de Atos, se tornou líder da igreja em Jerusalém.

O livro de Tiago é um livro de sabedoria prática, de lições objetivas como por exemplo: Cuidado com a língua!

Ele escreve a cristãos que se dispersaram por conta de dois incidentes descritos no livro de Atos: o apedrejamento de Estevão e a perseguição do governante Herodes Agripa I.

E nos seus conselhos práticos e variados ele nos ensina sobre “Cuidado com o que você brinca!”.

As pessoas brincam com o pecado, pensam que pecado é apenas uma palavra religiosa para descrever freios sociais.

Mas o pecado, na verdade, tem as suas consequências, ninguém

fica impune quando brinca com o pecado...

Ele causa todo caos instalado, toda corrupção, dor, sofrimento, desequilíbrio ecológico e morte!

Que Deus nos dê a graça de em sua geração de vida termos o devido cuidado com aquilo com que brincamos.


Escolhidos Com uma Missão

Posted on August 23, 2017 at 10:00 AM

Escolhidos com uma missão


“Agora, se diligentemente ouvirdes a minha voz, e guardardes a minha aliança, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos” (Êxodo 19:5a).


Desde o início dos tempos até hoje, Deus tem sempre chamado para fora dos sistemas estabelecidos um povo que Lhe seja peculiar, que Lhe pertença.

Nós vivemos em uma sociedade extremamente individualista na qual as pessoas só pensam em si, ao passo que Deus deseja que trabalhemos coletivamente, que consideremos que nossas ações não afetam apenas a nós mesmos, mas a outros, e que não somos uma ilha.

Deus escolhe Seu povo para três coisas:

Primeiro: acredito que Deus escolhe Seu povo para ter privilégio. No Antigo Testamento, Deus chamou Abrão, um homem vindo de uma família idólatra, e lhe deu o privilégio de ser considerado o

iniciador do povo de Deus.

No Novo Testamento, Jesus chama pecadores para fazerem parte do Seu povo.

Em ambos os casos, a oferta era de ver Deus como um amigo, e, no Novo Testamento, ter Deus como Pai.

Segundo: Deus exige do Seu povo obediência.

O cristão é escolhido para ser povo de Deus em obediência, para viver como Deus quer.

Terceiro: todo povo de Deus é escolhido para servir.

A honra do cristão é servir a Deus.

A sua alegria é ter os propósitos de Deus, e isso só é possível quando há obediência a Deus.

Lembre-se: somos escolhidos para o privilégio, para a obediência e para servir.

Tenha certeza da salvação

Posted on August 17, 2017 at 10:00 AM

Tenha certeza da salvação


“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus” (Efésios 2:8).


Há apenas um requerimento para a salvação: fé em Jesus Cristo. Uma das coisas que precisamos fazer para desfrutarmos a salvação é crer.

Apenas crermos em Jesus.

Isso é tudo que precisamos fazer.

Não somos salvos e desfrutamos desta esperança por pertencermos a uma igreja ou uma denominação.

Nenhuma igreja pode nos salvar.

Não somos salvos, não temos esta esperança, se nossas boas obras suplantarem nossas más obras.

Até porque não conseguimos.

Sempre que fazemos uma boa obra, parece que fazemos mais três más.

Ou então, simplesmente deixamos de fazer o bem.

Um homem é declarado justo e apresentado como justo diante de Deus, quando ele crê em Cristo pela fé.

O grande reformador Martinho Lutero chegou a essa conclusão. Pessoas do passado, pessoas contemporâneas, também têm a certeza de que podem ter a salvação e desfrutar dessa esperança apenas crendo em Jesus.

Há apenas um requerimento para a salvação: fé em Jesus Cristo. E esta fé é pessoal.

Não somos salvos porque nossos pais creem.

A salvação, a esperança, não acontece por meio de outros.

As pessoas só irão desfrutar desta esperança quando elas, individualmente, crerem em Cristo, confiarem em Jesus.

Ninguém pode garantir nossa salvação, nós temos que crer.

O que é Hades?

Posted on August 16, 2017 at 10:00 AM

O que é de Hades?


“... E as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mateus 16:18b).


Portas do inferno, a melhor tradução para esta expressão é a que encontramos na Nova Versão Internacional que diz “... e as portas do Hades não prevalecerão contra ela...”.

Hades era o nome que os gregos davam ao deus que tinha a autoridade sobre o mundo invisível dos mortos.

A versão grega do Antigo Testamento, chamada de Septuaginta, utiliza este termo Hades para traduzir o termo hebraico Sheol, termo este que usualmente refere-se ao lugar dos mortos.

Algumas vezes aplica-se à própria sepultura e outras vezes àquele lugar invisível.

Para simplificar, Hades difere daquilo que normalmente chamamos de inferno posto que não é um lugar que se refere apenas a ímpios e maus profanos.

O mau rico e o justo Lázaro foram para o Hades (Lucas 16).

Jesus Cristo esteve no Hades (Atos 2:27,31).

O lugar definitivo de juízo daqueles que são profanos, ímpios, zombadores de Deus é chamado de Geena.

Portanto as portas do Hades, ou do inferno como tem sido traduzido, não é uma referência a forças satânicas atacando a igreja de Jesus Cristo.

Afinal de contas, portas não são instrumento de ataque numa guerra.

O propósito de portões não é conquistar, mas aprisionar os que foram conquistados, a porta é garantia que os conquistados não escapem.

Podemos dizer que está implícita a tarefa da igreja de ir e livrar aqueles que estão aprisionados por Satanás.

Deus: Fonte da luz

Posted on August 15, 2017 at 1:50 PM

Deus: fonte da luz


“Então eles lhe perguntaram: Onde está teu Pai? Respondeu Jesus: Não me conheceis a mim nem a Meu Pai; se conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai” (João 8:19).


Jó, diante de toda a sua dor, disse que queria encontrar-se com Deus, encheria sua boca de argumentos e Deus o ouviria.

Ele queria saber mais que Deus.

Mas, para seu espanto, Deus se apresentou a ele, e, ao invés de Jó encher a boca de argumentos...

Silêncio!

Jó não sabia mais que Deus.

Os religiosos dos dias de Jesus não sabiam mais que Deus.

Nós não sabemos mais que Deus.

Por isso, a nós cabe uma coisa: seguir a Luz, e obrigar-nos a dizer: ’Deus é a Fonte de toda Luz’.

Deus é a Fonte de todo conhecimento, de toda sabedoria.

As trevas são a ausência da luz no mundo espiritual.

A falsidade, o engano, o descaso, todas essas coisas, são a ausência de Deus, ausência de Luz!

Eu não sei o que você está enfrentando.

Mas, nos momentos de grandes dificuldades, de dor, não queira saber mais que Deus.

Nem sempre isso é fácil, diante de grandes aflições.

Mas ninguém disse que seria fácil.

Temos duas opções, dizermos ‘Deus eu confio em Ti, e sei que vais iluminar o meu caminho’, ou nos trancarmos em nossas próprias trevas.

A escolha cabe a nós.

Abra os seus olhos, e não fique cego, como fizeram os líderes

religiosos dos dias de Jesus.

Vencedor

Posted on August 14, 2017 at 10:00 PM

Vencedor


“... E aquele que vive, estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno (Hades)” (Apocalipse 1:18).


Jesus afirmou sua vitória e de sua igreja (seu corpo) sobre até mesmo a morte!

Para nós este fato não é novo, mas para aqueles discípulos esta notícia era fresca.

O quê?

Você vai morrer?

Você vai entrar pelas portas do Hades?

Ninguém sai de lá!

Mas, Ele saiu de lá, trouxe consigo as chaves do portão do Hades!

Nada pode prevalecer contra aqueles que fazem parte da igreja de Jesus Cristo.

Por esta razão Satanás utiliza esta porta como um poder de intimidação, um poder para colocar medo, porque o medo é

paralisante, controla as pessoas.

E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo; E livrasse todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à servidão (Hebreus 2:14,15).

Charles H. Spurgeon disse, “A morte em sua essência foi removida, apenas a sombra dela permanece... Ninguém tem medo da sombra porque a sombra não pode impedir seu caminho por um momento que seja. A sombra de um cachorro não pode morder; a sombra da espada não pode matar”.

Não importa o sofrimento que tenhamos à nossa frente, as portas

do inferno não prevalecem contra a igreja de Jesus!

 

Confia na fidelidade DELE

Posted on August 14, 2017 at 2:05 PM

Confia na fidelidade DELE

 

“Então chegaram a Mara; mas não puderam beber as águas de Mara, porque eram amargas; por isso, chamou-se o seu nome Mara” (Êxodo 15:23).

 

Até chegarem a Mara, os israelitas cantavam louvores e eram felizes.

Como os problemas começaram toda felicidade acabou.

Eles tinham atravessado o Mar Vermelho em terra seca, e visto o exército egípcio ser destruído por Deus.

Apenas três dias depois começaram a murmurar.

Foi só chegar o cansaço para eles mudarem de atitude.

Antes louvavam, passaram a murmurar.

Estavam com sede.

Chegaram a um lugar onde havia água.

Quando viram o líquido precioso seu humor melhorou, mas quando foram beber...

As águas eram amargas.

Imediatamente se viraram contra Moisés com espírito de murmuração (Êxodo 15:24).

Ao invés de oração, murmuração.

Povo ingrato.

Esqueceram do Deus que havia transformado as águas do Nilo em sangue.

E, o Senhor misericordioso tornou as águas doces: “E ele (Moisés), clamou ao Senhor, e o Senhor mostrou-lhe um lenho, que lançou nas águas, e as águas se tornaram doces;” (Êxodo 15:25a).

Moisés clamou ao Senhor, Provedor de nossas vidas, porque ele sabia que Deus estava com eles.

Deus, por diversas vezes, prova a nossa fé.

As provações pelas quais passamos não querem dizer que Deus nos abandonou.

Não!

Quando as tribulações chegarem não devemos murmurar, mas ORAR.

Devemos sempre clamar a Deus em tempos de necessidade.

As nossas águas amargas se tornam doces se lembrarmos que “todas as coisas contribuem para o nosso bem” (Romanos 8:28). Temos um Deus que faz a morte virar vida e faz-nos mais que vencedores!

 

Apenas ver não n

Posted on August 14, 2017 at 1:40 PM

Apenas ver não basta

 

“Ora, havia alguns gregos entre os que tinham subido a adorar no dia da festa” (João 12:20).

 

Em João 12:20, vemos que as pessoas que queriam ver Jesus eram os gregos.

Filipe é o único dos discípulos que tem o nome grego. Possivelmente, esta foi a razão pela qual os gregos se aproximaram dele.

Os gregos eram pessoas extremamente cultas.

Eles aguardavam o dia em que a perfeição, de alguma forma, se encarnasse, surgisse, a fim de que eles pudessem ter um norte na vida.

Para que a vida pudesse fazer sentido.

Eles esperavam alguém que pudesse demonstrar-lhes a razão de existir e de viver.

Quando descobriram Jesus, eles sabiam que ali estava a resposta de suas vidas.

Ali estava tudo o que eles sempre sonharam e ansiaram.

Por isso os gregos disseram: ‘Queremos ver Jesus’.

Nós não precisamos apenas de uma experiência maravilhosa dentro de uma igreja.

De fato, nós precisamos ter pessoalmente o conhecimento de quem é Jesus.

O Evangelho de Mateus no capítulo 2 nos fala de homens sábios que saíram do Oriente para encontrar Jesus.

Aqueles homens falavam da Estrela do Messias que haviam visto, mas isto não lhes bastava.

Eles queriam adorar o Rei, eles queriam ver o Rei.

Não lhes bastava simplesmente ouvir falar a respeito do Rei.

Era preciso ver o Rei.

Era preciso ter uma experiência pessoal com o Rei.

Era preciso ter um contato com o Rei dos judeus.

 

Fé em meio ás dificuldades

Posted on August 13, 2017 at 10:00 AM

Fé em meio às dificuldades

 

“... Tomara o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria! Pois esse o curaria de sua lepra” (2 Reis 5:3).

 

No versículo 1 vemos que Israel, mais uma vez, havia perdido a batalha, seu povo havia sofrido e essa menina (que nós nem sabemos o nome) continuava crendo que Deus estava no controle de todas as coisas.

Nós nos esforçamos para evitar o sofrimento, porque temos uma grande dificuldade de tirar algo de bom do sofrimento, mas Deus não é assim, Ele é suficientemente capaz de agir através do sofrimento.

Através do sofrimento de Jesus nós fomos salvos, através do sofrimento dessa menina, Naamã se rendeu a Jeová.

E aqui nós temos outro exemplo a seguir dessa menina: diante de todas as situações contrárias que poderiam existir, ela continuava dizendo quem é o seu Deus.

Estava na casa do inimigo, poderoso, doente.

Um detalhe, Deus não estava curando ninguém de lepra naquele

momento.

“E muitos leprosos havia em Israel no tempo do profeta Eliseu, e nenhum deles foi purificado, senão Naamã, o siro” (Lucas 4:27).

Guarde a sua fé e guarde-a em seu coração; Lembre-se, Deus sabe de todas as coisas, confie Nele, continue confiando mesmo diante de situações contrárias.

Não tenha medo de abrir a sua boca, pois só Cristo é capaz de mudar a sua sorte.

Firme nas promessas

Posted on August 12, 2017 at 10:00 AM

Firme nas promessas

 

“Desde então começou Jesus Cristo a mostrar aos seus discípulos que era necessário que ele fosse a Jerusalém, que padecesse muitas coisas dos anciãos, dos principais sacerdotes, e dos escribas, que fosse morto, e que ao terceiro dia

ressuscitasse” (Mateus 16:21).

 

O Instituto de referência populacional afirma que nos dias de Jesus cerca de 300.000.000 de pessoas habitam a terra (outros estudiosos afirmam o dobro).

Seja como for, imagino Pedro: Dentre 300 ou 600 milhões de pessoas eu achei o Cristo, o filho de Deus!

Agora vamos dar um jeito nesse império romano, estabelecer seu reino e desfrutar das vantagens do reino de Deus!

Acabou nosso sofrimento!

Mas, o que Pedro não esperava lhe foi anunciado registrado em Mateus capítulo 16 a partir do versículo 16 ao capítulo 17 versículo 23.

Eu esperava algo totalmente diferente...

Pessoalmente, profissionalmente, emocionalmente.

Parece que está acontecendo tudo ao contrário do que eu esperava!

Não é o que acontece conosco muitas vezes?

Mas, essa leitura deve-se ao fato de termos uma visão míope da obra de Deus.

Não enxergamos o todo, mas apenas partes!

Tudo parece perdido, mas não está...

Parecem empobrecidos, mas não são...

Parecem vencidos, mas não estão...

Basta lembrarmos da promessa de Jesus e saber que nem mesmo

a violência brutal vencerá aqueles que a Ele pertencem.


Rss_feed

UA-102968004-1