Leandro
"28 Nós o proclamamos, advertindo e 
ensinando a cada um 
com toda a sabedoria, a fim de que apresentemos
 todo homem perfeito em Cristo.
29 Para isso eu me esforço, lutando 
conforme a sua força, que atua 
poderosamente em mim."
                                                        Colossenses 1:28,29

Leandro Tarrataca

VERDADE BÍBLICA

LEIA

Mensagens e reflexões diárias sobre Fé, Família e os desafios da vida. 

view:  full / summary

Sob divina direção

Posted on December 12, 2017 at 1:20 PM

Sob divina direção

 

“Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome” (Salmos 23:2, 3).

 

As histórias da Bíblia são tão claras: Deus procura pessoas dispostas a saírem de sua zona de conforto.

Pense nas histórias: Moisés guiando um povo no deserto,

Gideão assumindo a liderança, Maria entregando-se para gerar o Filho de Deus.

A verdade é que nosso conforto é uma mera ilusão, podemos sentar como espectadores até que o impacto das mudanças nos alcance ou podemos nos adaptar rapidamente sob a liderança divina e desfrutarmos da aventura de segui-lo.

Quando o povo de Israel entrou na terra prometida, Deus lhes disse que deveriam seguir a Arca à distância: “Haja contudo, entre vós e ela, uma distância de dois mil côvados; e não vos chegueis

a ela, para que saibais o caminho pelo qual haveis de ir; porquanto por este caminho nunca passastes antes” (Josué 3:4).

Seguiam à distância, pois era um caminho novo, por onde nunca tinham passado.

Deus muitas vezes nos guia por caminhos onde nunca estivemos antes e quando isso acontece devemos confiar na sua direção e continuar caminhando.

 

é necessário compartilhar

Posted on December 11, 2017 at 1:20 PM

É necessário compartilhar


“Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo,

mas individualmente somos membros uns dos outros” (Romanos 12:5).


Os líderes que foram mais eficazes ao longo da história apresentaram o que chamo de uma fé profunda.

A imagem é como de um poço, de onde as pessoas podem

retirar a sua água e beber dessa água.

Mas a questão aqui é muito simples, nós não podemos ter um poço de fé apenas no nosso próprio quintal; se a única experiência que você depende para estimular a sua fé são as suas experiências, você então tem uma estrutura muito frágil.

Quando eu presto atenção nos que estão ao meu lado, aquilo começa a mexer no meu interior, eu começo a entender que este é o mesmo Deus a quem eu sirvo, este não é apenas o Deus que está interessado na vida deles, mas é o Deus que também está interessado na minha vida.

Muitos líderes estão se arrebentando porque os líderes têm a tendência de se tornarem ilhas, e o único poço de onde eles podem beber estímulo para a sua fé é o seu poço privado.

Eles têm uma vida particular, sozinha, solitária; mas isso vai produzir uma liderança fragilizada.

Nós precisamos ter outras pessoas com quem podemos compartilhar e confiar, e saber que aquilo que Deus está fazendo na vida deles, Deus também poderá fazer por nós.


Simples assim

Posted on December 10, 2017 at 1:15 PM

Simples assim


“Mas Deus, não levando em conta os tempos da ignorância, manda agora que todos os homens em todos os lugares se arrependam” (Atos 17:30).


Nós precisamos de Deus.

Estamos vivendo um momento muito triste de consumismo

exagerado, onde até mesmo algumas igrejas que deveriam ser porta-vozes do Evangelho, estão se curvando a um ‘profetismo’ do consumo.

Elas profetizam o consumo, como se o deus do consumo pudesse sustentar a alma humana.

Talvez você esteja passando por esta dificuldade.

Volte depressa os seus olhos para Deus.

Pois Deus é o seu Grande Sustentador.

Deus é o Criador de todas as coisas, é o Governante, portanto, o Sustentador de todas as coisas.

O apóstolo Paulo nos apresenta Deus também como sendo o Salvador.

Os gregos eram considerados cultos.

Mas, no versículo acima, Paulo lhes diz que eles falharam, pois não conseguiram encontrar Deus.

Realmente, se eles haviam falhado em encontrar Deus, tudo que eles desfrutaram foi um tempo de ignorância.

Paulo lhes estava dizendo que com toda a sua sabedoria, cultura, eles eram ignorantes, pois não reconheciam O Deus verdadeiro.

Paulo ainda lhes disse que Deus estava avisando a todos os homens que se arrependessem dos seus pecados e, apenas cressem Nele como O Verdadeiro Deus.

E no meio daqueles gregos alguns ousaram crer, ousaram se render à palavra de Deus.


A anatonomia da menitra em pauta

Posted on December 9, 2017 at 1:15 PM

A anatomia da mentira em pauta


“Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros” (Efésios 4:25).


Não me lembro de ter ouvido tantas vezes como ultimamente as seguintes palavras: ética, verdade, mentira, decoro, honestidade, desonestidade.

Isso me faz pensar na anatomia da mentira.

Mentira, de acordo com o dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, é: “ato ou efeito de mentir; engano, falsidade, fraude. Qualquer coisa feita na intenção de enganar ou transmitir falsa impressão”.

A) Ato.

Mentira não se dá por acidente é fruto da vontade.

B) Intenção.

Mentira tem propósito, tem a intenção de perverter a verdade.

Como alguém já disse com muita propriedade: A verdade existe, as mentiras são inventadas.

Por que a mentira é tão sedutora?

Para alguns, a mentira é o caminho mais “fácil” para se livrar de uma situação difícil.

Para outros o caminho mais “barato” para se livrarem de uma situação que custa caro, e ainda outros a veem como o caminho mais “curto” para se livrarem de longas consequências. Somando-se ainda o fato de que maioria das pessoas está mais propensa a responder as emoções do que aos fatos, isto torna a mentira extremamente sedutora.

Por esta razão, o mentiroso tem sempre o cuidado de dizer o que os outros querem ouvir, e claro misturarem vários fatos, a fim de que a mentira pareça-se mais com a verdade.

Porém, os seguidores de Cristo, pautam-se sempre pela verdade.


O triunfo da fideliade - 3

Posted on December 8, 2017 at 1:15 PM

O triunfo da fidelidade - 3


“E aconteceu que, desde que o pusera sobre a sua casa e sobre tudo que tinha, o Senhor abençoou a casa do egípcio por amor de José; e a bênção do Senhor foi sobre tudo que tinha, na casa e no campo” (Gênesis 39:5).


A segunda divisão na vida de José é: José e Potifar.

Potifar comprou José dos ismaelitas.

José foi tão correto, fiel, que Potifar reconheceu que Deus estava com ele.

O sucesso de José era tão impressionante que se percebia claramente que uma manifestação sobrenatural estava acontecendo.

Esse fato é evidenciado pela presença de Deus em José.

Nota-se a ênfase da Presença de Deus com ele.

Podemos ver isso em Gênesis 39:2-5.

No versículo 2c nós podemos ver o seguinte: “...e estava na casa de seu senhor egípcio”.

No versículo 4a, b nós podemos ver: “Logrou José mercê perante ele, a quem servia; e ele o pôs por mordomo de sua casa”.

Deus estava com José e este era o segredo de ser tão bem-sucedido.

A prosperidade de José não era algo como uma varinha de condão, ele continuava sendo escravo, mas ele era fiel.

José estava vivendo o triunfo da fidelidade.

José era escravo, ele servia porque entendia que para ser fiel a Deus, precisava ser fiel aos homens.

Algumas pessoas querem ser fiéis a Deus, mas não são fiéis aos homens.

Traem e são dissimuladas.

Precisamos entender que servimos a Deus servindo aos homens. Só devemos nos rebelar contra os homens, quando a vontade deles é contra a vontade de Deus.

O triunfo da fideliade - 2

Posted on December 7, 2017 at 1:10 PM

O triunfo da fidelidade - 2


“E seus irmãos foram apascentar o rebanho de seu pai, junto de Siquém” (Gênesis 37:12).


No capítulo 37 de Gênesis, versículos 12 a 18, encontramos a transição na vida de José.

Dotã ficava 32 km ao norte de Siquém.

Era um lugar conhecido por ter boa pastagem, e por ter uma área por onde passavam muitas caravanas de comerciantes.

Os irmãos de José haviam dito que iriam a Siquém apascentar o rebanho de seu pai.

Mas, estavam em Dotã.

A verdade é que José era um filho fiel no meio de filhos infiéis.

É importante termos em mente, que o autor sagrado quer nos mostrar como o grande líder José, estava sendo moldado por Deus.

Um traço importante que podemos notar nesta passagem é a indiscutível fidelidade de José para com seu pai.

O ensinamento é claro: fidelidade é fundamental, mesmo nas pequenas coisas.

Seus irmãos decidiram lhe tirar a vida.

Mas, afinal se contentaram em vendê-lo como escravo.

Ele recebeu um tratamento repugnante.

Porém, as promessas que ele tinha da parte de Deus, fizeram com que ele nunca perdesse as esperanças.

Um dia, ele veria com os próprios olhos, o triunfo da fidelidade.

O que encontramos aqui é alguém disposto a viver dependendo de Deus.

Algumas vezes, nós também enfrentamos situações difíceis, enfrentamos maus tratos, dificuldades.

Algumas vezes recebemos como pagamento da nossa fidelidade, injustiça e traição.

Mas, mesmo assim, não devemos desistir de Deus.

Deus sempre cumpre as Suas Promessas.


O triunfo da fidelidade - 1

Posted on December 6, 2017 at 1:10 PM

O triunfo da fidelidade - 1


“Estas são as gerações de Jacó: Sendo José de dezessete anos, apascentava as ovelhas com seus irmãos; e estava este mancebo com os filhos de Bila, e com os filhos de Zilpa, mulheres de seu pai; e José trazia uma má fama deles a seu pai” (Gênesis 37:2).


Abraão teve dois filhos: Ismael, filho de Hagar, serva de Sara, e Isaque, filho de Sara.

Isaque por sua vez teve dois filhos: Esaú e Jacó.

O segundo tem uma história bem interessante.

Um nome sugestivo: enganador.

Mas, ele teve o seu caráter transformado, bem como o seu nome, de Jacó para Israel, ”Príncipe com Deus ou Campeão com Deus”. Jacó teve uma grande família.

Doze filhos e uma filha. José era um desses filhos, e com a vida de José nós aprendemos uma grande lição: o triunfo da fidelidade.

A vida de José pode ser dividida em quatro partes principais: José e sua família; José e Potifar; José e os prisioneiros; José e o Faraó.

Vamos falar sobre José e sua família: Em Gênesis capítulo 37, versículos de 1 a 3, o texto começa dizendo que é a história de Jacó.

Continuando a leitura do texto, vemos José com dezessete anos. A ligação entre Jacó e José era tão estreita, que quando o texto nos diz ”esta é a história de Jacó”, ele começa a nos contar a história de José.

A história dos dois se mistura de uma forma interessante.

E acaba apresentando lições espirituais importantes para as nossas vidas.

José era fiel.

Você conhece o Espirito Santo?

Posted on December 5, 2017 at 1:10 PM

Você conhece o Espírito Santo?


“Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi...” (1 Samuel 16:13).


Em muitos lugares o Espírito Santo é lembrado como uma força ou um poder, outras vezes como um canal entre nós e Deus e, é claro que Ele é muito mais do que isso.

Nosso desafio é conhecermos mais a respeito Dele.

A palavra de Deus nos fala muito a respeito do Espírito, inclusive nos dá algumas formas para podermos entendê-lo melhor,

como por exemplo 1 Samuel 16:13 que nos fala sobre o óleo. Quando um sacerdote ungia alguém, essa pessoa era cheia do Espírito Santo para poder cumprir a missão que Deus havia designado.

O óleo só representava algo que estava acontecendo dentro da pessoa, o derramar do Espírito sobre ela.

No versículo 14 vemos “E o Espírito do Senhor se retirou de Saul...” da mesma forma que o Espírito entrava, Ele também poderia sair.

E isso é um pesadelo para muitas pessoas ainda hoje.

O Novo Testamento nos diz em João 14.17 “O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós”.

Isso quer dizer que quando recebemos Cristo como nosso Salvador, nos tornamos a habitação permanente do Espírito Santo e jamais perderemos essa unção.

Confiança em meio ás mudanças

Posted on December 4, 2017 at 1:10 PM

Confiança em meio às mudanças

 

“Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo” (Isaías 43:19)

 

A profecia de Isaías faz referência a Deus preparando um novo caminho para o retorno do seu povo do cativeiro babilônio...

Isso seria algo novo!

Mas, posteriormente muitos, sabemos dos livros do Antigo Testamento, não tinham mais o desejo de voltar para Jerusalém. O novo parece assustar a maioria das pessoas!

O escritor Howard Hendricks lista 5 atitudes que as pessoas têm em relação à mudança:

1. Inovadores (2.6%), geram novas ideias;

2. Adaptador rápido (13.4%);

3. Lenta Maioria (34%);

4. Maioria relutante (34%);

5. Antagonistas (16%)

Mudanças são necessárias e fazem parte de nossa experiência humana e de nossa experiência na fé.

Algumas vezes temos que mudar de atividade profissional, outras temos que mudar de cidade.

Seja qual for nossa mudança, se ela vem sob a direção divina, devemos confiar nos frutos que Deus trará nessa mudança.

Deus prometeu a Israel que faria caminho no deserto e rios nos lugares ermos.

Nosso Deus é poderoso e capaz de nos dar toda a provisão necessária para lidarmos com desafios das mudanças em nossas vidas.

Mudanças têm um custo, algumas vezes são grandes passos a serem tomados, mas, mais importante que continuar fazendo as coisas como sempre fizemos, é confiar e agradar a Deus.

 

Exaltando o perfume de Cristo

Posted on December 3, 2017 at 1:05 PM

Exalando o perfume de Cristo


“Então Maria, tomando um arrátel de unguento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do unguento” (João 12:3).


A palavra de Deus em 2 Coríntios 1:21 diz que fomos ungidos pelo Espírito Santo, e isso é uma referência a sermos cheios do Espírito Santo de Deus.

Por ser algo espiritual, muitos dizem que não sentem ou não veem nenhum sinal desse ato de Deus.

Porém, ainda que você não sinta nada, as pessoas que estão ao seu redor precisam sentir esse aroma suave, o perfume de Cristo. Nós precisamos exalar a unção que recebemos através do nosso

estilo de vida.

No texto de João 12 vemos que quando Maria unge os pés de Jesus com um óleo aromático, todas as pessoas que estavam na casa puderam sentir o perfume daquele óleo.

Se você entendeu que foi ungido pelo Espírito Santo, entenda também que precisa exalar esse perfume, é como se esse perfume fosse a sua marca, a marca de um cristão.

"Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém" (1 Pedro 4:11).

Eu quero ser reconhecido pelo perfume, mas não o meu, mas o de Cristo, pelo poder do Espírito Santo.



Rss_feed

UA-102968004-1